Saiba Tudo Sobre o Cachorro da Raça Pastor Alemão

Por | 3 comentários

Share Button

HISTORIA DO PASTOR ALEMÃO

 

Existem algumas teorias sobre as origens dos cães Pastor Alemão, sendo que alguns dizem que a raça foi resultado do cruzamento entre diversas raças de cães pastores na Alemanha, já outros dizem que foi o resultado espontâneo do cruzamento de cadelas pastoras e lobos. De qualquer modo, sabe-se que o primeiro registro de um cachorro Pastor Alemão foi feito em 1882, na cidade de Hanover. O Pastor Alemão, como é conhecido no português brasileiro, ou lobo-da-alsácia, português europeu é uma das raças de cães mais difundidas e estudadas ao redor do mundo, apesar de não ser uma raça muito antiga.

Saiba Tudo Sobre o Cachorro da Raça Pastor Alemão Saiba Tudo Sobre o Cachorro da Raça Pastor Alemão


 
 

CARACTERÍSTICAS DO PASTOR ALEMÃO

 

O Pastor Alemão mede em média, de 60 a 70 cm de altura, possui orelhas de tamanho médio, voltadas para cima, o focinho é comprido, a cauda é longa e com grande quantidade de pêlos, a cor mais comum é marrom claro com macha preta nas costas. Os Pastores Alemães são uma das únicas raças que conseguem reunir tantas aptidões, podendo ser usados como cão pastor, cão de busca e salvamento e também farejador, guia de cegos, cão de companhia, cão de polícia, cão de guerra e finalmente, como cão de guarda pela sua agilidade no ataque e latido prolongado.

 
 

TEMPERAMENTO DO PASTOR ALEMÃO

 

Os cães da raça Pastor Alemão são obedientes, leais e afetuosos com seu dono e com crianças. Eles precisam de muito exercício, portanto não são indicados para serem criados em locais pequenos. Os filhotes de Pastor Alemão, de preferência, devem passar por um treinamento para obediência, sendo que o ideal para os que forem se tornar cães de guarda é começar o treinamento com 04 meses de idade, adquirindo assim intimidade e confiança com o seu dono. Outro ponto importante é adquirir seu filhote em canis de Pastor Alemão que sejam conhecidos e de confiança.

A raça foi usada pelos alemães nas duas guerras mundiais, como mensageiro e cão de alarme, sendo que ele acabou sendo odiado pelos ingleses e franceses, ficando proibido de entrar em alguns países por um tempo, tendo inclusive seu nome trocado para pastor alsaciano, uma vez que era considerado inadequado um nome que evocasse lembranças ruins da guerra contra os alemães. Cerca de 7000 pastores alemães foram mortos durante a guerra. No entanto, hoje em dia tem muita procura por Pastor Alemão para Doação.

Cadastre seu email para receber as melhores dicas grátis sobre raças de cachorros!