Alergia a Cachorro: O Que Fazer?

Rinite, irritações na pele, inchaço nos olhos, coceiras e até crises de asma. Realmente, os sintomas de alergia a cachorro podem diminuir muito a qualidade de vida de uma pessoa e fazê-la optar por viver sem a companhia de um cachorro. No entanto, saiba que é possível conciliar a amizade de um cão com a alergia, principalmente se esta for realmente constatada e controlada. Um erro bastante comum entre as pessoas é acreditar que a alergia a cachorro é provocada pelo pêlo do cachorro, e que os cães mais peludos causam mais alergia, porém isto não é verdade!

Alergia a cachorro o que fazer Alergia a Cachorro: O Que Fazer?

A reação de alergia a cachorro ocorre quando descamações da pele desses animais são inaladas por pessoas predispostas à alergia. Além disso, a presença de animais de estimação na residência aumenta a quantidade de ácaros, que também são agentes alergênicos, principalmente se os animais tiverem livre acesso ao interior da casa. Por isso, para reduzir os sintomas de alergia a cachorro você deve tomar medidas para evitar o contato com essas partículas. Existem ações simples para isso e a maioria visa manter a limpeza da casa, do animal e da pessoa alérgica. Seguem abaixo algumas recomendações:

  • Impeça o acesso do cachorro ao quarto. Se a reação alérgica for mais forte, talvez seja melhor mantê-lo fora de casa se o quintal oferecer boas condições para ele, como espaço adequado e um abrigo coberto e que o proteja do frio ou calor;
  • Dê banhos periódicos no cachorro, pelo menos uma vez por semana, e escove-o diariamente. Também lave a casinha e os materiais que ele usar;
  • Lave sempre as mãos e rosto após acariciar e brincar com o cachorro;
  • Mantenha a casa sempre limpa, especialmente tapetes e cortinas, sempre use o aspirador de pó e panos úmidos;
  • Opte pela companhia de raças de cachorros que causam menos alergia, como o Schnauzer, Bichon Frisé e o Maltês. Estudos comprovam que as descamações de pele destas raças não causam reações alérgicas.

Alguns especialistas chegam a afirmar que a companhia de um animal pode até ajudar o organismo a reduzir outras alergias, sendo benéfico especialmente para o sistema imunológico de crianças. Apesar disso, seja sempre cauteloso, afinal de contas, você estará lidando com a saúde de sua família! É aconselhável, por isso, visitar periodicamente um médico para saber a necessidade de tratamentos ou necessidades específicas, pois tanto o tipo de tratamento da alergia a cachorro quanto os remédios utilizados irão variar de pessoa para pessoa.

share small Alergia a Cachorro: O Que Fazer?